Saneamento Ambiental

Saneamento é o controle de todos os fatores nocivos à saúde humana existentes no meio físico onde o homem vive. Atualmente, este termo é mais utilizado como Saneamento Ambiental e engloba diversas medidas adotadas para uma região como: tratamento de esgoto sanitário, limpeza de vias públicas, drenagem urbana e manuseio de resíduos sólidos e águas pluviais.

A fim de propor uma condição de vida melhor para a população, o saneamento é essencial para se ter acesso à água potável. A água é um recurso natural indispensável para a vida e quando não tratada, pode ser prejudicial ao ser humano e ao meio ambiente. A própria ONU reconheceu a importância do saneamento e o classificou como um direito humano.

O tratamento de esgoto sanitário veio para contribuir fortemente com essa situação, principalmente para a saúde infantil. Um estudo desenvolvido pelo Instituto Trata Brasil (2011) mostrou que já ocorreram 400 mil casos de internação por diarreias, sendo 53% de crianças com até 5 anos de idade no Brasil. Algo grave que precisa ser revisto pelas autoridades do governo.

saneamento ambiental

A importância do Saneamento Ambiental na atual crise hídrica

A atual crise hídrica que a região Sudeste do país vivencia, induz ainda mais o reúso da água e a busca por tratamentos de esgoto para transformar a água em reutilizável para novos usos não potáveis, reduzindo a exploração dos reservatórios hídricos. Isto será o futuro do abastecimento sustentável no mundo.

Segundo dados da Sabesp – Companhia de abastecimento e saneamento básico do estado de São Paulo – para o jornal Folha de São Paulo (2016), a cada 5 litros de água tratadas, 1 litro é perdido nos canos da própria empresa. Se torna ilógico o consumo de água de fontes distantes se ainda existem graves problemas nas tubulações urbanas, ocorrendo vazamentos. Por isso, a importância do reaproveitamento da água, principalmente nesse momento de crise hídrica, mesmo sendo um tanto desafiador.

Soluções estão sendo feitas e a própria Alfamec possui um Sistema de Reuso para ETE (Estação de Tratamento de Esgoto Sanitário), em que se pode ter um destino mais nobre para a água usada reutilizando em: lavagens de carros, processos hídricos de empresas, jardinagem, descargas de banheiros, etc.

Empresas e órgãos públicos precisam continuar reunindo esforços para tornar eficiente o saneamento ambiental nas cidades.

Whatsapp
Google+
Pinterest